Busca
avançada
  1. Home
  2. Você sabe o que é luxação patelar?
Você sabe o que é luxação patelar?

Você sabe o que é luxação patelar?

  • 24/06/2020
  • 0 Likes
  • 30 Visualizações
  • 0 Comentários

No joelho, temos o encontro de quatro ossos principais, o fêmur – osso da coxa, a tíbia e a fíbula – ossos da perna, e a patela. Antigamente, a patela era chamada de rótula, e, justamente, a patela é aquele osso arredondado que fica na frente do joelho. A patela normalmente fica encaixada no fêmur, numa região que chamamos de tróclea. Quando a patela sai do lugar, chamamos de luxação da patela; ou, de forma mais técnica ainda, chamamos de luxação patelofemoral.

patela é o osso que fica bem na frente do joelho, também conhecida como rótula e a luxação patelar ocorre quando esse osso sai do lugar (sofre um deslocamento), sendo acompanhado de dor e inchaço do joelho.

Sintomas

A dor no joelho é um dos sintomas instantâneos de uma Luxação de Patela. Em geral, é uma dor exatamente no “osso”, uma dor na patela e ao redor da mesma, incapacitante e forte. Em muitos casos é possível ver o deslocamento do osso a olho nu. Esse sintoma costuma ser acompanhado de inchaço em todo o joelho.

Tratamento e recuperação

No caso de um único episódio de luxação da patela é possível o tratamento não cirúrgico ou cirúrgico. O tratamento não cirúrgico envolve o uso de analgésicos para suportar a dor, que devem ser indicados pelo médico, e com a “redução” da luxação, que consiste em posicionar o osso devidamente no seu lugar imobilização por um período, seguido de reabilitação focada em exercícios de fortalecimento e controle da musculatura da coxa e quadril. Isto só deve ser feito pelos médicos, visto que é um procedimento perigoso, que requer prática clínica.

tempo de recuperação da luxação patelar é de 6 a 12 semanas após o início do tratamento, porém, se houver lesão da cartilagem, pode ser necessária uma cirurgia e, então, o processo de reabilitação levará de 4 a 6 meses para permitir que a cartilagem cicatrize adequadamente.

Seções de fisioterapia serão necessárias e complementam o tratamento.

Procure sempre um especialista, neste caso, um ortopedista.

Fonte: pesquisa da redação