Profilaxia dentária profissional

  • 2016 set 02

A boca, por não ser um órgão isolado do corpo humano, deve ser vista como parte integrante deste, influenciando e sendo influenciada pelo mesmo. A saúde oral, portanto, deve estar inserida no contexto da saúde geral e sistêmica.

A nossa boca possui milhares de bactérias que convivem pacificamente em seu interior e se multiplicam na superfície dos dentes, língua e gengiva. Uma higienização inadequada e/ ou ineficiente pode levar a uma desordem na produção destas bactérias dando início ao ataque contra as estruturas dentárias e gengivais, trazendo como resultado doenças bucais como por exemplo a doença cárie e doenças periodontais.

As bactérias que causam as doenças bucais, não se restringem somente a região bucal. Essas mesmas bactérias viajam pela corrente sanguínea interagindo com todos os órgãos do corpo. As bactérias “pegam carona” nos vasos sanguíneos e causam danos ao desembarcar e invadir as outras regiões do corpo, como coração, pulmão e articulação.

Limpar os dentes regularmente não só garante um sorriso brilhante, mas também ajuda a reduzir os riscos de infarto e acidente vascular cerebral, revelou estudo publicado durante encontro da American Heart Association em Orlando, Flórida.

Os cientistas descobriram que as pessoas cujos dentes foram limpos por dentista , apresentavam 24% menos riscos de sofrer um ataque do coração e 13% menos de sofrer um derrame do que aqueles que nunca fizeram limpeza dental em um dentista.

A profilaxia em consultório para a remoção de biofilme (placa bacteriana) e cálculo dentário (tártaro) é realizada com ultrassom e jato de bicarbonato associado ou não a Raspagem Periodontal com o uso de curetas específicas para esta finalidade.

Hábitos saudáveis e preventivos possuem um incrível poder de cura contra os micro-organismos que navegam pelo nosso corpo causando danos  e potencializando as doenças.

Como manter a boca sempre limpa

* Escove os dentes após as refeições, dando maior ênfase à escovação antes de dormir;

* Escove a língua para prevenir a “saburra”, a grande responsável pelo mau hálito;

* Utilize apenas uma pequena quantidade de creme dental sobre a escova;

* Utilize escovas de cerdas macias ou extra- macias de cabeça pequena, assim consegue-se atingir lugares mais difíceis na cavidade bucal;

* Não se esqueça do uso do fio ou fita dental;

* Evite alimentos açucarados e pegajosos que se aderem ao esmalte do dente, tornando a limpeza mais difícil;

* Fique atento a manchas e rachaduras nos dentes e machucados incomuns que surgirem na gengiva e/ou  interior da bochecha;

* A visita ao dentista não pode ser esquecida, procure fazer visitas periódicas a cada 6 meses. Sua boca e corpo agradecem;

 

PROF. DR. ALVARO J. CICARELI –  Odontologista com 30 anos de  experiência clínica e acadêmica .  Além da dedicação à clínica particular Santin Cicareli Smile Care Odontologia, coordena e ministra cursos de pós graduação regular na área de implantodontia, Periodontia e Cirurgia Plástica Periodontal, como também mantém ativa a participação em palestras, congressos e cursos nacionais e internacionais

 

compartilhe:

Postagens Relacionadas

keyboard_arrow_up