Ervas que curam, cultive em casa

  • 2017 jun 09

Quem nunca ouviu da avó ou da mãe que o melhor remédio para uma gripe está nos chás e xaropes feitos em casa? Agora imagine que podemos prepará-los de maneira ultra natural com plantas e ervas que podemos ter no próprio quintal. Não é o máximo?

As conhecidas “plantinhas mágicas” são bem vistas pelos especialistas, mas vale o alerta: o primeiro passo é ter um diagnóstico preciso sobre o seu estado de saúde.

Médicos, nutricionistas e farmacêuticos podem indicar as melhores plantas fitoterápicas para os tratamentos.

Selecionamos e mostramos aqui, 10 plantas que você pode ter em casa e como usá-las:

Poejo

Indicação: expectorante, estimulante de apetite, perturbações digestivas, cálculos biliares, problemas gastrointestinais e infecção da vesícula.

Preparo: Chá com as folhas. Não deve ser consumido mais que três vezes ao dia.

Não deve ser usado por mulheres grávidas e por crianças menores de seis anos.

Arnica

Indicação: hematomas e machucados.

Preparo: chá com folhas e flores. Pode ser usado o sumo da folha em banho ou esfregando diretamente no local.

Aroeira

Indicação: inflamação vaginal, corrimento, cicatrizante.

Preparo: chá usado em compressas ou banhos de assento. Usar, no máximo, duas vezes ao dia.

Carqueja

Indicação: distúrbios digestivos e dispepsia.

Preparo: chá, de duas a três vezes ao dia.

Guaco

Indicação: gripes, resfriados, bronquites alérgicas e infecciosas, e expectorante.

Preparo: chá, até no máximo três vezes ao dia.

Hortelã

Indicação: calmante.

Preparo: chá com as folhas. Tomar duas vezes ao dia.

Goiaba

Indicação: diarreias não infecciosas.

Preparo: chá. Tomar até dez vezes ao dia.

Pitanga

Indicação: febre em criança.

Preparo: chá, que deve ser usado em banhos, até duas vezes ao dia.

Camomila

Indicação: calmante.

Preparo: chá. Consumir duas vezes ao dia.

Salsa

Indicação: diurético e anti-hipertensivo.

Preparo: chá por infusão ou consumir a planta natural.

Postagens Relacionadas

keyboard_arrow_up